WHAT'S NEW?
Loading...

Uma Viagem ao passado DC-3 PP-CCL

Um dos aviões mais versáteis do mundo, o Douglas DC-3 foi também o que operou em maior número no Brasil. Calcula-se que entre aviação civil e militar tenham voado no nosso país cerca de 330 dessas aeronaves.

A Cruzeiro foi a primeira empresa Brasileira a receber os DC-3, o que aconteceu em 1943, e chegou a operar um total de 52 dessas até 1974. No inicio dos anos 40 a Cruzeiro precisava de aviões e foi procura-los nos Estados Unidos. Embora os americanos tentassem “empurrar” aos brasileiros o Lockheed Lodestar, então em uso pela Panair, prevaleceu a vontade do presidente da Cruzeiro, que de acordo com Aldo Pereira em seu livro Breve História da Aviação Brasileira teria dito: “Se o Lodestar é tão bom, porque então as principais empresas aéreas dos Estados Unidos operam os DC-3?”, e apesar da enorme procura dos DC-3 e do C-47 já amplamente envolvido no esforço de guerra, a Cruzeiro conseguiu comprar quatro aviões novos, aos quais se seguiram muitos outros no final da guerra. Os DC-3 na Cruzeiro receberam as matriculas > PP-CBS, PP-CBT, PP-CBV, PP-CBX, PP-CBY, PP-CBZ, PP-CCA, PP-CCB, PP-CCC, PP-CCD, PP-CCE, PP-CCK, PP-CCL, PP-CCM, PP-CCN, PP-CCO, PP-CCP, PP-CCR, PP-CCT, PP-CCV, PP-CCW, PP-CCY, PP-CCX, PP-CDB, PP-CDC, PP-CDD, PP-CDG, PP-CDH, PP-CDI, PP-CDJ, PP-CDK, PP-CDL, PP-CDM, PP-CDN, PP-CDO, PP-CDP, PP-CDR, PP-CDS, PP-CDT, PP-CDU, PP-CDV, PP-CEB, PP-CED, PP-CES, alem do PP-PED, arrendado da NAB, onde voava como PP-NAY.
Segue abaixo alguns dados so PP-CCL:

Date:
22 AUG 1970
Type: Douglas C-47A-30-DK
Operator: Cruzeiro
Registration: PP-CCL
C/n / msn: 13802/25247
First flight: 1944
Crew: Fatalities: / Occupants:
Passengers: Fatalities: / Occupants:
Total: Fatalities: / Occupants:
Airplane damage:
Written off
Airplane fate:
Written off (damaged beyond repair)
Location: Cruzeiro do Sul, AC (Brazil)
Phase:
Unknown (UNK)
Nature:
Unknown
Departure airport:
Destination airport:
Narrative:Crashed. The aircraft carried the name "Bororo".

No Cockpit do DC-3 PP-CCL vulgo Bororó o pai do nosso amigo Montana.

3 comentários:

Felipão disse...

Linda foto... e o presidente da Cruzeiro mandou bem na escolha, indagando sobre a escolha das principais companhias americanas...

Maria Cecilia disse...

Você poderá ver o Bororo nomeu álbum de fotos sobre os Seviços Aéreos Cruzeiro do Sul em Araçatuba-SP. Meu avô era o agente. Segue o link https://picasaweb.google.com/107181922514831513926/1946ServicosAereosCruzeiroDoSul

Anônimo disse...

O Montana era José Carlos de Figueiredo Montana, que foi promovido junto comigo na Cruzeiro. Se acidentou com o PPCCL em Cruzeiro do Sul - AC, depois saiu da Cruzeiro e voou na Vasp, salvo engano.