WHAT'S NEW?
Loading...

Reforma do Eduardo Gomes fica pronta em 2013

Reforma do Eduardo Gomes fica pronta em 2013

Márcio Azevedo
Da equipe de A CRÍTICA

O novo Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, que operará com duas pistas de pouso e um novo terminal de passageiros, deve ficar pronto até o ano de 2013. Essa é a expectativa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que está investindo R$ 793,5 milhões para a ampliação do aeroporto que, há dois anos, vem operando com a capacidade operacional do terminal de passageiros completamente saturada. Mas as obras da reforma ainda estão na fase do projeto básico e só devem começar daqui a dois anos.

"O aeroporto está no limite de sua capacidade, que é de 1,7 milhão de passageiros por ano, mas, em 2007, chegou a atender 2,1 milhões e, em 2008, 1,85 milhão de passageiros. Ou seja, está muito além da nossa capacidade operacional. Essa modernização e renovação são necessárias porque já estrangulou o nosso terminal de passageiros para aquilo que foi projetado no espaço físico", afirmou o superintendente regional da Infraero, Afrânio Souza Mar.

Pelo projeto já existente, o Eduardo Gomes terá duas pistas de pouso. A atual vai ser ampliada dos atuais 2.700 metros de comprimento por 45 de largura, para 3 mil de comprimento por 45 de largura. "Com essa reforma da pista, vamos poder atender nossa aeronave crítica, que é o 747-400, mas em sua capacidade total de carga e passageiros que, atualmente, não podemos atender", garantiu Souza Mar. Quanto à nova pista, ela vai ter a mesma largura da atual, 45 metros, e o comprimento de 2,5 mil metros.

Pelo projeto de ampliação e reforma do terminal de passageiros, o novo Eduardo Gomes ganhará mais duas vagas para o embarque/desembarque de aeronaves, passando a operar com oito pontes para o de embarque e desembarque. Com isso, até os dois andares do terminal sofrerão alterações.

Atualmente, tanto o embarque quanto o desembarque são feitos no térreo, enquanto que o primeiro andar fica subutilizado, segundo a Infraero. Após a reforma o andar superior vai servir para o embarque e o térreo para o desembarque. "Essa nova concepção ampliará o terminal de passageiros em sua longitude. E para operar com um piso de embarque e outro de desembarque vamos criar um conector de embarque, que hoje não temos", explicou o superintendente regional da Infraero.

2 comentários:

Rodrigo disse...

R$ 793,5 milhões é o preço estimado para a reforma do nosso Aeroporto, pela data acredita-se que a Infraero o reformará para os eventos da copa do mundo em 2014.

Flightgear ADDONS disse...

Será necessario uma nova pista, e construção de um outro terminal de passageiros para atender os eventos da copa de 2013, manaus ira receber case 40 % da quantidade populacional e o aeroporto sem nada não vai dar conta