WHAT'S NEW?
Loading...

Legacy que colidiu com 737 da Gol é autorizado a deixar o país e faz escala técnica em MAO

Um pouso técnico que deveria ter ocorrido há exatamente quatro anos e um mês finalmente ocorreu na tarde desta sexta. O avião do qual estamos falando nada mais nada menos é o Embraer Legacy 600 de matrícula N600XL, até então pertencente à empresa Excelaire, que colidiu com o Boeing 737-800 PR-GTD da Gol, que cumpria o G3 1907 MAO-BSB-GIG na tarde de 29/09/2006.

A história é conhecida do grande público: após a colisão o GTD desintegrou-se, matando as 154 pessoas a bordo enquanto que o Legacy, apesar dos danos no winglet e estabilizador horizontal esquerdos, conseguiu pousar na Base Aérea da Serra do Cachimbo no sul do Pará. Desde então a Justiça brasileira impediu a partida da aeronave do território brasileiro, argumentando diversas vezes que o seguro do avião ajudaria a cobrir as indenizações aos parentes das vítimas.

A Justiça Federal do Mato Grosso permitiu a restituição da aeronave para a empresa Cloudscape Inc. O N600XL foi rematriculado para N965LL. O avião realizou escala técnica em Manaus na tarde de hoje e permanece sem o winglet da asa esquerda. O destino do Legacy é Fort Lauderdale (KFLL).

(A publicação de registro fotográfico depende de autorização do autor).

2 comentários:

Anônimo disse...

ele foi liberado para voar sem essa peça?isso é possivel?

Anônimo disse...

As peças do acidente foram substituídas e as do dia do acidente ficaram em posse da Polícia Federal.