WHAT'S NEW?
Loading...

Avião de pequeno porte cai na Baía de Guanabara

Foto: Sérgio Mendes via airliners.net

RIO - O jatinho da empresa de táxi aéreo OceanAir, de prefixo PT- LXO, com três pessoas a bordo, caiu, na manhã desta quinta-feira, próximo à cabeceira do Aeroporto Santos Dumont. Segundo a Infraero, o avião fazia manobra de pouso quando varou a pista e acabou caindo na Baía de Guanabara. Um pneu da aeronave estourou no momento da aterrissagem. Piloto, co-piloto e passageiro foram resgatados com vida e passam bem.

Pousos e decolagens no aeroporto ficaram suspensos das 9h31m às 10h33m para facilitar o trabalho de resgate da aeronave. Algumas pessoas que já estavam dentro de aviões para decolar tiveram que retornar para o aeroporto. Segundo a Infraero, os atrasos e cancelamentos nos voos não são maiores em função de a pista auxiliar ter voltado a funcionar por volta das 10h da manhã, dando vazão à boa parte dos voos programados para o dia. A Infraero também confirmou que parte das chegadas foram desviadas para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, mas não confirmou a quantidade.

O avião levaria a apresentadora Xuxa Meneghel para a cidade de Recife. Segundo a assessoria de imprensa da apresentadora, ela não estava a bordo no momento do acidente. Xuxa deve embarcar em outro voo, em um jatinho, ainda na tarde desta quinta-feira.

Segundo o gerente de operações da OceanAir, Ricardo Santos, o jatinho chegou a decolar do Aeroporto Santos Dummont, mas, devido a uma pane, precisou retornar à pista e acabou caindo na água. Ainda de acordo com o gerente, a aeronave seguia para o Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, quando passou por problemas técnicos. De acordo com testemunhas, o avião percorreu cerca de 150 metros na pista antes de atingir a água. Ainda de acordo com as testemunhas, saiu muita fumaça do trem de pouso traseiro.

O gerente de operações da OceanAir, Ricardo Santos, informou que uma equipe da companhia aérea sairá de São Paulo com destino ao Rio de Janeiro ainda nesta quinta-feira para fazer uma análise das causas do acidente ocorrido nesta manhã. Junto com o gerente, também virá à cidade o agente de segurança de voo da companhia.

Segundo pescadores, que ficam perto do antigo restaurante Albamar, o jatinho vinha de Botafogo em direção à Ponte Rio-Niterói. Eles escutaram um estrondo e depois perceberam a queda. O piloto ainda ficou rodando com o motor dentro d'água para chegar às pedras da cabeceira da pista.

De acordo com testemunhas, os dois tripulantes e o passageiro foram socorridos por duas lanchas do serviço aéreo marítimo Antonio Carlos e por uma outra lancha do salvamento aéreo marítimo da Aeronáutica. As vítimas não tiveram ferimentos graves e saíram andando.

Várias equipes trabalham nas operações de resgate da aeronave

Os dois motores e parte da cauda ainda estão submersos. Duas lanchas do Grupamento Marítimo (G-Mar) dão apoio à operação de resgate da aeronave. Várias equipes da Polícia Federal, dos Bombeiros, da Marinha e da Aeronáutica também trabalham na operação. O objetivo é não deixar que a maré arraste o avião para o mar.

Um guindaste da empresa Transreta, com capacidade para içar até 250 toneladas, está no Aeroporto Santos Dumont para retirar da Baía de Guanabara o jatinho. Responsável pela operação, o proprietário da Transreta, Eliseu Drumond, disse que o guindaste, que tem uma lança de 60 metros, foi solicitado pela Infraero para a operação de emergência.

A mobilização do guindaste de grande porte foi necessária para não danificar a aeronave, que caiu próximo a cabeceira da pista. Com o uso do guindaste, será possível retirar o jatinho sem afetar suas turbinas.

Em julho de 97, a Globeleza Valéria Valenssa e seu marido, o designer gráfico Hans Donner, escaparam da morte quando o jatinho em que viajavam sofreu uma pane e caiu no mar, a cerca de 50 metros da cabeceira da pista do Santos Dumont. Eles foram resgatados ilesos da água, juntamente com o piloto e o co-piloto.

FONTE: http://br.noticias.yahoo.com

1 comentários:

Anônimo disse...

It is a pity, that now I can not express - I am late for a meeting. I will be released - I will necessarily express the opinion.