WHAT'S NEW?
Loading...

Airbus A310 da Yemenia cai no Oceano Índico


(Foto por Sean Mowatt)


Exatamente um mês após os trágicos eventos que marcaram o desaparecimento do Airbus A330-200 F-GZCP da Air France em alto mar no Oceano Altântico, novamente o mundo da aviação comercial é abalado por um acidente de graves proporções. Um Airbus A310-304 matriculado 7O-ADJ, da Yemenia Airways, cumpria o vôo IY 626 entre a capital iemenita de San'a (SAH/ODSN) e Moroni, nas Ilhas Comores quando caiu no mar próximo a Mitsamiodi. A aeronave acidentou-se quando estava na fase de aproximação para pouso no Prince Said Abrahim In Airport em Moroni (HAH/FMCH).



O A310 levava 142 passageiros e 11 tripulantes. Os relatos iniciais são de que uma jovem de 14 anos é a única sobrevivente do desastre. O 7O-ADJ era um Airbus A310-304, serial number 535, e realizou seu primeiro vôo em 1990; era dotado de um par de motores Pratt & Whitney PW4152, já havia realizado um total de 17300 ciclos (um ciclo equivale a uma decolagem e um pouso) e contabilizava 51900 horas de vôo.

Um dado importante a respeito da aeronave acidentada é de que ela voou na Passaredo como PP-PSE. Além da Passaredo e da Yemenia, o 7O-ADJ voou na Aerocancun utilizando as matrículas VR-BQU e VP-BQU.

(Foto por Normando Carvalho Jr)

2 comentários:

Ron Groo disse...

Vi algumas matérias nos telejornais dizendo que as aeronaves desta empresa estão em péssimas condições.

Isto é preocupante.

Felipão disse...

Eu ia dizer isso... Disseram que nem cinto de segurança a aeronave tinha... Lamentável... uma tragédia anunciada...