WHAT'S NEW?
Loading...

[FOTOS DO DIA] Ângulo diferente na aproximação do SBEG

 
ATR-42-500 - MAP Linhas Aéreas
PR-MPO
foto por Eduardo Bentes

Cessna C208B Caravan - Manaus Aerotaxi
PR-MPE
foto por Eduardo Bentes

 
Airbus A330-223 - TAM Linhas Aéreas
PT-MVB
foto por Eduardo Bentes


Airbus A330-223 - TAM Linhas Aéreas
PT-MVB
foto por Sérgio Brandão
MD-11F - Sky Lease Cargo
foto por Sérgio Brandão

Acidente com Sêneca da Tio Taxi Aéreo em Manaus


foto por Fábio Duarte

Na tarde desta quinta-feira (24), por volta das 17h, uma aeronave Sêneca da empresa Tio Táxi Aéreo prefixo PT-EUP caiu no bairro Parque das Laranjeiras na Avenida Professor Nilton Lins, segundo informações do Trânsito Manaus no twitter, próximo ao Aeroclube. O Corpo de Bombeiros já está no local.


foto por Pâmela Alana


As primeiras informações dão conta que caiu no estacionamento da Eletrobrás e atingiu vários carros e todos os ocupantes sobreviveram. O voo era procedente da cidade de  Tefé/AM.

"Invasão alemã" do mês de janeiro 2013 - Condor e Air Berlin

Nas primeiras horas da manhã desta sexta, 18/01, está prevista mais uma invasâo alemâ em SBEG. Como costumeiramente acontece nesta época do ano, Condor Flugdienst e Air Berlin operarão vôos procedentes da Alemanha, com escala em Punta Cana e Manaus como destino. Segue a programção:


Vôos charter Air Berlin e Condor em 18/01/2013

Vôo 1: Air Berlin (BER) 7190/7191; aeronave Airbus A330-200
Procedência: Punta Cana (PUJ)
Hora: 05:40h local
Partida: 08:00h local


Vôo 2: Condor Flugdienst (CFG) 4144/4145; aeronave Boeing 767-300ER
Procedência: Punta Cana (PUJ)
Hora: 06:30h local
Partida: 08:50h local


Vôo 3: Air Berlin (BER) 7240/7241; aeronave Airbus A330-200
Procedência: Punta Cana (PUJ)
Hora: 06:45h local
Partida: 09:00h local


Vôo 4: Condor Flugdienst (CFG) 4328/4329; aeronave Boeing 767-300ER
Procedência: Punta Cana (PUJ)
Hora: 07:40h local
Partida: 09:45h local

[FOTO] Airbus A330 Monarch Airlines em MAO

Monarch Airlines
Airbus A330-243 G-SMAN
Foto por MSTeam Crew

Pousou no final da tarde desta quarta em SBEG mais um vôo charter procedente da Europa; desta vez a empresa britânica Monarch Airlines foi quem deu as caras no Eduardo Gomes com vôo charter procedente de Londres/Gatwick. O Monarch 9178 foi realizado pelo A330 de matrícula G-SMAN, o qual pousou por volta das 17:20h local.

American Airlines mostra sua nova pintura



Nesta quinta, 17/01, foi revelada a nova logomarca e a nova pintura que será utilizada pela American Airlines em seus aviões. Em vídeo institucional, o CEO da empresa Tim Horton conta parte da história da empresa e da evolução dos seus serviços até chegarmos ao momento mais importante: a nova imagem corporativa da companhia e o início da operação do Boeing 777-300ER na AA.

A águia e as letras AA foram substituídas por uma águia estilizada e a deriva recebeu as cores e desenho da bandeira dos Estados Unidos; o metal polido deu lugar ao cinza e a cheatline vermelha, branca e azul desaparece, exibindo agora a logomarca "American" em tamanho grande.

As primeiras aeronaves com a nova pintura são os dois 777-300ER já recebidos pela empresa e um 737-800 (N908NN), aeronave esta que poderá estar em breve em Manaus operando os vôos AA961 e 964. Os spotters brasileiros verão em breve as novas cores pois os 777-300ER devem entrar em operação em 31/01/13 na rota entre Dallas/Fort Worth e São Paulo/GRU.


[VÍDEO] MSTeam voa o RV10 com o Cmte. Wilson Nobre

Boeing 767-300 da United alterna MAO

United Airlines
Boeing 767-322ER N664UA
Foto por Emerson Benezar

Um Boeing 767-300 da United Airlines pousou em Manaus com problemas técnicos na manhã deste domingo. A aeronave, matriculada N664UA, realizava o vôo UA847 entre Newark (EWR) e Buenos Aires/Ezeiza (EZE). O avião encontra-se parado próximo ao Terminal de Cargas e sem previsão de partida.

Foto do Dia: A330 da TAM

TAM
Airbus A330-200 PT-MVD
Foto por Frederico Cavalcante via Airliners.net

[FOTO DO DIA] ATR-72 Trip Linhas Aéreas

ATR-72 212A (500)
Manaus - SBEG
Trip Linhas Aéreas
foto Por Frederico Cavalcante

Especial Seattle - No Ninho das Águias parte I

Seattle é uma das mais importantes cidades da costa oeste americana, sendo mais conhecida por ser o berço de bandas e artistas conhecidos mundialmente. Contudo a cidade é também conhecida por sediar a Boeing, a maior fabricante de aviões do planeta, e assim tornou-se destino obrigatório de 11 em cada 10 entusiastas de aviação. Nesta série de artigos, de autoria de nossos colaboradores Rogério Ruiz e Sérgio Brandão, relatamos uma bela e apaixonante jornada rumo ao ninho das águias da Boeing.


Especial Seattle - No Ninho das Águias

Por Rogério Ruiz e Sérgio Brandão


Parte 1 - O dia mais longo: a viagem e a chegada.

Creio que a quase sempre chuvosa cidade de Seattle dispensa apresentações aos leitores de um blog sobre aviação, afinal, a maior cidade do estado americano de Washington ficou mundialmente famosa por ser o lar da Boeing. No ano passado eu tive a oportunidade de ir até essa longínqua cidade do noroeste americano, porém numa passagem rápida, onde conheci seus principais atrativos - inclusive a fábrica da companhia em Everett, ao norte de Seattle - mas sem muito tempo para me dedicar a "spotting".

Esse ano, o amigo e também spotter Sérgio Brandão me convidou para fazer uma viagem com o objetivo principal de spottear. E claro que o destino só podia ser Seattle. Topei na hora! E lá fomos nós! Aqui, vou tentar fazer um relato do que vivenciamos. Antecipadamente, peço desculpas pela qualidade de algumas fotos, pois  foram tiradas não só em nossas cameras, mas também na camera de um celular e por isso algumas nao tem qualidade tão boa. Mas acreditamos que o importante seja compartilhar essa experiência com vocês e, quem sabe, estimula-los a se engajarem em uma viagem semelhante.

Dia 10 de dezembro, chegamos ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes para embarque no vôo 964 da American Airlines com destino a Miami e conexão para Seattle... via Chicago/O'Hare! Sim, a conexão foi proposital. Além de nos permitir chegar muito mais cedo do que o voo direto, ainda teríamos a oportunidade de conhecer mais uma cidade. Ou melhor dizendo, mais um aeroporto. E que aeroporto! Então, estavamos muito ansiosos!

Ainda bem que, apesar de um pequeno atraso na chegada da aeronave, a saída não foi afetada e o Boeing 737-800 de matrícula N904NN que nos levaria a Miami decolou pouco depois do ETD, com ocupação bem satisfatória. Tínhamos uma conexão bem justa e qualquer atraso, nos faria perder o voo de prosseguimento. Chegamos a Miami numa manhã chuvosa, mas no horário estipulado e demos sorte de chegarmos antes dos outros voos procedentes de Sao Paulo, Belo Horizonte, Bogota e Buenos Aires e outras cidades, e conseguimos pegar uma fila pequena na imigração. Infelizmente, o tempo ganho na imigração foi perdido na alfândega, onde minha bagagem demorou muito a ser liberada. Entreguei a mala para redespacho e segui para a sempre lenta fila do TSA. Depois, tomei o trem do terminal 4 em direção a próxima estação e, apesar da vontade de fotografar lá de cima, fiquei com medo do horário e segui direto para o portão de embarque do voo para Chicago.


N904NN pousando em MIA com chuva


Ao chegar lá, encontrei Sérgio já sozinho na porta do finger, me esperando para entrar no avião. Menos de dez minutos depois, o Boeing 757-200 matriculado N619AA teve suas portas fechadas e iniciamos o taxi para decolagem do voo AA 1207 para Chicago/O'Hare. O 757 disparou pela pista e fez sua habitual subida no melhor estilo "foguete", iniciando sua jornada de duas horas e vinte minutos. Em poucos minutos, já estávamos bem alto sobre o sul da Flórida.


Decolagem de MIA


Alguma turbulência na subida, mas nada muito perturbador. O voo seguiu tranquilo, ainda que voando em céus encobertos em sua maior parte.

Depois de um voo na madrugada, nao foi difícil para este que vos escreve cair num sono tão pesado que nem vi o serviço de bordo. Apesar de pago (o famigerado "Buy On Board" ou "BOB"), o serviço da American é bastante razoável. Mas ja acordei na etapa final do voo, no inicio do procedimento de descida para o pouso. Abaixo, tudo era branco. E nao eram nuvens. Os campos das fazendas estavam cobertos de neve! Foi lindo ver aquilo!


Para continuar lendo o artigo clique aqui, no título do artigo, na aba superior ou na coluna lateral Matérias Especiais